Do Rio

from by colligere

/
  • Streaming + Download

    Includes unlimited streaming via the free Bandcamp app, plus high-quality download in MP3, FLAC and more.

      $1 USD  or more

     

lyrics

11. DO RIO
Toda contenção é limitada pelo poder que se prende.
A força do rio está no movimento da água
Que corre junta e separada, que não pode secar.
Quando as águas que conheci passaram, quem sou este que retorna?
A água vai e o rio ficará. Quem sou este que recorda?
Escuto a mesma música da minha adolescência.
Nela cada nota está no lugar.
Tudo mudar não mudou muito.
Tudo mudar. Tudo mudar.
Saber viver sozinho é uma ciência.
Saber com quem você pode contar.
Cada momento destrói minha velha ilusão.
O que é a verdade então, além de ruínas?
Saber viver sozinho.
Não me vejo mais na imagem que este rio reflete.
Mas me escuto no barulho da água que corre.
Que muda de forma.
Que não se conforma.

07. THE RIVER
Every restraint is limited by the power attached.
The strenght of a river is in the movement
of the water, that flows together and separated, that can not dry out.
When the waters that I´ve known passed
who am I that remains, and comes back?
The water flows, the river stays. Who am I that recall?
I listen to the same songs from my teens,
every note is accordingly.
To change everything hasn´t changed a lot.
To change everything. To change everything.
To know how to live in solitude is a science.
To know in whom you can trust.
Each moment destroys my old illusion.
What is reality then, but ruins?
To know how to live in solitude . . .
I can´t see myself no more in the image reflected by this river.
But I listen myself in the music of the flowing water.
That changes shapes.
That does not conform.

credits

from Palavra, released July 1, 2007

tags

license

all rights reserved

about

colligere Curitiba, Brazil

O primeiro show do Colligere aconteceu no dia 20 de maio de 2000. O último... ainda não aconteceu.

contact / help

Contact colligere

Streaming and
Download help